frase-topo

(62) 3353-8088

(62) 8474-0345

Goianesiense é morto em troca de tiros com a ROTAM em Goiânia; Outros 03 são detidos

20180301171902 armasgynDanilo Antônio Souza Oliveira, de 18 anos, foi morto em troca de tiros com a ROTAM - Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas, nesta quarta-feira, 28, em Goiânia. Segundo investigações da Polícia Civil de Goianésia, Danilo também teve participação no latrocínio do garçom Celso Alonso de Luna, de 34 anos, em fevereiro do ano passado em nosso município.

De acordo com a polícia, ele que teria atirado no garçom para roubar um aparelho celular. Como na época do crime era menor, ficou internado apenas nove meses, no entanto, após ser colocado em liberdade ele já teria sido apreendido em duas oportunidades. Agora, ao trocar tiros com a policia da capital foi alvejado com dois disparos no peito morrendo no local. O SAMU chegou a ser acionado, mas nada pôde ser feito.

Durante a operação da ROTAM, Talison Duarte Souza, de 18 anos, foi detido. Ele também é suspeito de participação na morte do garçom. As investigações apontam, que na época do crime, ainda menor, ele teve participação direta no latrocínio. Outro que foi preso foi Carlos Eduardo Ferreira, de 18 anos, com diversas passagens por ato infracional equiparado a furto e roubo quando menor em Goianésia, chegou a ser internado, mas agora foi detido em Goiânia.

Tonny Abrão Rodrigues Gomes, de 25 anos, também foi detido durante a operação. Ele é suspeito de ter matado a tiros em agosto de 2015, Divino Dalmo Lemos Junior, o Ferrugem, em um crime ocorrido na GO-080, sentido Goianésia/Barro Alto, próximo a Cagel, onde deu mais de 15 tiros na vítima. O crime teria sido motivado por vingança, uma vez que em setembro de 2015 Marcos Antônio Rodrigues Gomes, o Marcola, irmão de Tonny, havia sido morto no Bairro Covoá com 17 tiros de pistola 380. Tonny Abrão tinha em seu desfavor dois mandados de prisão, sendo um expedido em Goianésia pelo homicídio.

Na mesma residência onde os goianesienses foram detidos, policiais da ROTAM ainda prenderam Cosmo Pereira Lima, de 51, e Radamés Lopes da Silva, de 27 anos. Com os suspeitos foram apreendidos ainda 02 revolveres calibre 38 e uma pistola. Um Uno Vivace com restrição de roubo, 11 porções de drogas (maconha, crack e cocaína), vários aparelhos celulares, chaves de veículos, inclusive a do Creta, que em seguida foi recuperado e um Pálio com restrição de roubo.

Todos os envolvidos foram levados para a Central de Flagrantes, enquanto que o corpo de Danilo aguardou no local até a realização de perícia para então ser liberado ao Instituto Médico Legal - IML - e posteriormente aos seus familiares.

Informações portal Meganésia.

 

Otica Ceres 2017

betel-calcados

cagel

solucao-agro

escritorio-contabil3

loja-dos-parafusos3

ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA DE COMUNICAÇÃO E CULTURA BOA NOVA DE GOIANÉSIA
Copyright © 2005-2015 - Todos os direitos reservados

apice